quarta-feira, 19 de março de 2008

Postado por Nany às 3/19/2008 12:39:00 da tarde

E hoje é Dia do Pai. Lá em casa começou com a distribuição das prendas, o papá recebeu um envelope feito pelo Pedrocas na creche que continha um postal com um lindo poema e a mão dele carimbada. Vinha também um carrinho que deve ter servido para o carimbo no envelope.
O Pedrinho começou logo a contar a história toda, de como fez postal, pos a mão no carimbo e etc, só é pena falar exclusivamente em Pedroquês por isso não percebei todos os detalhes.
Recebeu também um livro que achei engraçado com o título "Ser pai, hoje" de Leonor Falé Balancho, se é bom não sei mas gostei do que vi quando desfolhei, depois de ler faço a crítica.
O meu Pai não recebeu nada pois encontra-se longe, mas vai lá chegar, com muitos beijinhos deste lado do oceno. Nestas alturas sinto pena de não ter tido pai. Os meus pais separaram-se quando eu tinha 4 anos e desde então vivi só com a minha mãe. Nunca senti falta de carinho, de amor, mas senti falta de uma presença que mais tarde percebi ser do meu Pai. Senti a sua falta nos momentos principais da minha vida, a presença por carta ou telefone é curta, distante e fria. Mas pronto, o mais importante é que mesmo com a sua idade avançada, com todos os graves problemas de saúde que tem ao ponto de lhe tirarem parte de um pulmão ele esteja bem e se sinta feliz.
O meu pai é daquelas pessoas que pensa que desde que nascemos temos a vida traçada, que os erros servem para nos tornarmos humildes e são uma oportunidade para aprender e fazer melhor, que o que importa é o bem que fazemos na vida e que essa mesma vida, apesar de todas as contrariedades que nos apresenta, deve ser bem vivida com alegria. Para ele "tristezas não pagam dívidas" e ser responsável não significa ser sisudo, ou mal-criado, que se nos sentimos bem e procuramos o bem, o Bem também nos procura. Tenho pena que a vida não me tenha permitido viver com um Pai assim.
Mas pronto, fico por aqui que o post hoje é enoooooorme, e deixo um beijão grandes a todos os PAIS e um muito especial ao PAIS da minha vida, o MEU e do PEDROCAS e dois textos que encontrei na net muito engraçados sobre a origem do Dia do Pai.




Ao que tudo indica, o Dia dos Pais tem uma origem bem semelhante ao Dia das Mães, e em ambas as datas a ideia inicial foi praticamente a mesma: criar datas para fortalecer os laços familiares e o respeito por aqueles que nos deram a vida.
Conta a história que em 1909, em Washington, Estados Unidos, Sonora Louise Smart Dodd, filha do veterano da guerra civil, John Bruce Dodd, ao ouvir um sermão dedicado às mães, teve a ideia de celebrar o Dia dos Pais. Ela queria homenagear seu próprio pai, que viu sua esposa falecer em 1898 ao dar a luz ao sexto filho, e que teve de criar o recém-nascido e seus outros cinco filhos sozinho. Algumas fontes de pesquisa dizem que o nome do pai de Sonora era William Jackson Smart, ao invés de John Bruce Dodd. Já adulta, Sonora sentia-se orgulhosa de seu pai ao vê-lo superar todas as dificuldades sem a ajuda de ninguém. Então, em 1910, Sonora enviou uma petição à Associação Ministerial de Spokane, cidade localizada em Washigton, Estados Unidos. E também pediu auxílio para uma Entidade de Jovens Cristãos da cidade. O primeiro Dia dos Pais norte-americano foi comemorado em 19 de junho daquele ano, aniversário do pai de Sonora. A rosa foi escolhida como símbolo do evento, sendo que as vermelhas eram dedicadas aos pais vivos e as brancas, aos falecidos. A partir daí a comemoração difundiu-se da cidade de Spokane para todo o estado de Washington. Por fim, em 1924 o presidente Calvin Coolidge, apoiou a idéia de um Dia dos Pais nacional e, finalmente, em 1966, o presidente Lyndon Johnson assinou uma proclamação presidencial declarando o terceiro domingo de junho como o Dia dos Pais (alguns dizem que foi oficializada pelo presidente Richard Nixon em 1972). No Brasil, a idéia de comemorar esta data partiu do publicitário Sylvio Bhering e foi festejada pela primeira vez no dia 14 de Agosto de 1953, dia de São Joaquim, patriarca da família. Sua data foi alterada para o 2º domingo de agosto por motivos comerciais, ficando diferente da americana e européia. Pelo menos onze países também comemoram o Dia dos Pais à sua maneira e tradição.
Na Itália e Portugal, por exemplo, a festividade acontece no mesmo dia de São José, 19 de março. Apesar da ligação católica, essa data ganhou destaque por ser comercialmente interessante.
No Reino Unido, o Dia dos Pais é comemorado no terceiro domingo de junho, sem muita festividade. Os ingleses não costumam se reunir em família, como no Brasil. É comum os filhos agradarem os pais com cartões, e não com presentes.
A data na Argentina é festejada no terceiro domingo de junho com reuniões em família e presentes.
Na Grécia, essa comemoração é recente e surgiu do embalo do Dia das Mães. Lá se comemora o Dia dos Pais em 21 de junho.
A data é comemorada no dia 19 de março, mesmo dia que São José. Surgiu porque é comercialmente interessante. Os portugueses não dão muita importância para essa comemoração.
O Dia dos Pais canadense é comemorado no dia 17 de junho. Não há muitas reuniões familiares, porque ainda é considerada uma data mais comercial.
Na Alemanha não existe um dia oficial dos Pais. Os papais alemães comemoram seu dia no dia da Ascensão de Jesus (data variável conforme a Páscoa) . Eles costumam sair às ruas para andar de bicicleta e fazer piquenique.
No Paraguai a data é comemorada no segundo domingo de junho. Lá as festas são como no Brasil, reuniões em família e presentes.
No Peruo Dia dos Pais é comemorado no terceiro domingo de junho. Não é uma data muito especial para eles.
Na Austrália a data é comemorada no segundo domingo de setembro, com muita publicidade.
Na África do Sul a comemoração acontece no mesmo dia do Brasil, mas não é nada tradicional.
Na Rússia não existe propriamente o Dia dos Pais. Lá os homens comemoram seu dia em 23 de fevereiro, chamada de "o dia do defensor da pátria" (Den Zaschitnika Otetchestva).
Independente do seu lado comercial, é uma data para ser muito comemorada, nem que seja para dizer um simples "Obrigado Papai" !
Fonte Mensagens e Poemas





A LENDA DA CRIAÇÃO DOS PAIS

Conta-se que quando Deus se dispôs a criar os pais, ele se esmerou a tal ponto que atraiu a atenção de um anjo, que ficou a observá-lo. Deus começou fazendo um homem de estatura muito alta.
O anjo vacilou um pouco, mas resolveu falar com o Criador: "Senhor, que tipo de pai é este? Se as crianças são baixinhas, por que um pai tão alto? Ele terá dificuldades para jogar bolinhas de gude sem se ajoelhar. Não poderá colocar uma criança na cama, nem beijá-la, sem ter que se curvar muito."
Deus sorriu e explicou que o pai precisava ser alto, para a criança ter alguém para enxergar, quando olhasse para cima. Aí, ele partiu para colocar mãos grandes e vigorosas no modelo.
O anjo criou coragem e falou outra vez: "Senhor, desculpe-me. Mas mãos grandes são desajeitadas. Elas não vão conseguir abotoar botões pequenos, nem prender elásticos nos cabelos e nem retirar cisco do olho de uma criança. E como irão trocar fraldas num bebezinho?"
"Pensei nisso", respondeu Deus, com toda sua paciência. "eu as fiz grandes o suficiente para segurar tudo o que um menino tira do bolso no fim do dia. E você verá, são pequenas o suficiente para segurar e acariciar o rosto de uma criança." Depois, Deus começou a modelar as pernas. E as fez longas, esguias. E colocou ombros largos no protótipo de pai que estava criando.
"O Senhor percebeu que fez um pai sem colo? Quando ele segurar uma criança, ela vai cair pelo vão das suas pernas!" - tornou a censurar o anjo.
Deus continuou a modelar, com todo o cuidado e esclareceu: "Mães necessitam de colo. O pai necessita de ombros fortes para equilibrar um menino na bicicleta ou segurar uma cabeça sonolenta no caminho de casa, depois das brincadeiras do circo ou da ida ao parque." E Deus colocou pés grandes. Os maiores pés que o anjo já tinha visto.
Ele não se conteve: "Senhor, acha justo isso? Honestamente, o senhor acha que esses dois pés vão conseguir saltar rápido da cama quando o bebê chorar? E quando tiver que atravessar um salão de festas de aniversário de uma criança, então! No mínimo, com esses pés enormes vai esmagar umas três delas, até chegar do outro lado."
"Eles vão ser úteis", foi explicando o bom Deus. "você verá. Vão ter força para sustentar uma criança que deseje ver o mundo, do alto do pescoço do pai. Ou que deseje brincar de cavalinho. Vão dar passadas firmes e quando a criança as ouvir, subindo as escadas, em direção ao seu quarto, se sentirá segura, por saber que o pai logo mais estará ali, para abençoá-la, antes de se entregar ao sono."
Deus continuou a trabalhar noite adentro. Deu ao pai poucas palavras, porém uma voz firme, cheia de autoridade. Deu-lhe também olhos que enxergavam tudo, mas que continuavam calmos e tolerantes. Contemplando sua obra de arte, Deus resolveu acrescentar um último detalhe. Tocou com seus dedos os olhos do pai e colocou lágrimas que ele pudesse acionar, quando tivesse necessidade. Aí, virou-se para o anjo e perguntou: "agora, você está satisfeito em ver que ele pode amar tanto quanto uma mãe?"
O anjo nada mais tinha a argumentar. Permaneceu em silêncio.
(Erma Bombeck, do livro Histórias para o coração 2)

4 comentários:

Zezinha on quarta-feira, 19 de março de 2008 às 13:13:00 WET disse...

Um dia muito Feliz.. e tu descansa .. hihi.. escreveste k te fartaste.. hihi.. mil bjos doces

Golfinho Filipa on quarta-feira, 19 de março de 2008 às 14:42:00 WET disse...

FELIZ DIA DO PAI!!! Mesmo à distância, tens o teu pai e isso também é importante!!! Compreendo que tenhas sentido muito a falta dele...

O teu Pedrocas está um tagarela!!!

Beijinhos grandes!

Maria on quinta-feira, 20 de março de 2008 às 00:54:00 WET disse...

O Dinis não fez nada para o pai na escolinha, como é um Centro Paroquial e estamos na Quaresma, não celebram o Dia do Pai hoje, só dia 1 de Abril. Acho que o papá dele ficou triste....

Espero que tenham tido um feliz Dia do Pai

Mil beijocas

Maria Pereira

Sofia e Pedro on sábado, 22 de março de 2008 às 18:12:00 WET disse...

Olá mamã, obrigada por partilhares esta lenda connosco!
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez