sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

O melhor da minha semana, do meu ano

Postado por Nany às 1/29/2016 01:11:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
Ontem foi consulta de nefrologia pediátrica e o Filipe teve alta da consulta.
Saber que os valores renais dele estão bons, que os tins cumprem a função para a qual estão destinados de maneira corrcta é óptimo.
Não há mesmo palavras quando temos esta sensação de alívio perante uma doença de um filho.
Desejo só e apenas que muitos mais pais sintam o mesmo.
E ontem, foi tmabém dia de cartão cidadão da Sara, que está a crescer a olhos vistos.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Conversas soltas #3

Postado por Nany às 1/25/2016 04:21:00 da tarde 3 comentários Links para esta postagem
Ó mãe, quando tu morreres, prái quando eu tiver 16, 17 ou 15 anos, mas não te preocupes que ainda falta muito tempo, quem é que toma conta de mim?
Pedro - 9 anos

E não, não sofro de nenhuma doença grave, graças a Deus.

26 meses

Postado por Nany às 1/25/2016 03:31:00 da tarde 0 comentários Links para esta postagem
De bebé/menino, falador, sabichão, doce e reguila.
Amoroso, que adora banhos, rua e bolas.
Não larga a xuxa nem por nada, e adora biberão de manhã com o seu "eite" (leite), seguido de uma taça com alguns cereais.
Brincalhão, de sorriso fácil, come de tudo e não rejeita nada, embora coma melhor ao almoço que ao jantar, as lutas pela salada com os manos são frequentes. Os legumes ou come todos, ou não que nenhuns.
Estás a crescer e o nosso amor por ti também. Serás sempre o nosso bebé presente, que enriquece os nossos dias.
Parabéns pelos teus 26 meses, fofinho

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Consulta dos 9 Anos

Postado por Nany às 1/22/2016 05:14:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
1,36cm, 39kg.
Grande, lindo, esperto, desenvolto e recomenda-se.
É um miudo introvertido e já com muita noção de imagem própria, não muito comum nem em miudos nem na idade (é mais de meninas).
De acordo com  a pediatra, só precisamos de nos ver aos 10 anos e em relação à oftalmologia e alergologia estamos bem encaminhados, tal como o dentista que me tenho esquecido de marcar)
O meu miudo está mesmo a ficar um pré-adolescente.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Teorias educativas

Postado por Nany às 1/20/2016 01:55:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
Teorias existem muitas, umas mais famosas que outras.
Teorias da educação, educacionais e principalmente de como os outros devem educar os filhos existem aos magotes.
Confesso que sim, também dou os meus palpites, mas que são isso mesmo palpites, às vezes até os transformo em conselhos mas, tal como os medicamentos a dose e a duração do tratamento só o profissional de saúde é que sabe. Sou mulher, gosto de opinar e claro, também opinam acerca de mim, o mal é quando quem opina não sabe medir.
Quem é que nunca ouviu uma vizinha, uma amiga, ou alguém de família opinar sobre a má e pobre educação que se dá aos filhos, desde antes do seu nascimento? Ou quem é que nunca aconselhou outro?
Só que um conselho pode ser benéfico, pode ser um "abrir de olhos" para outra realidade, já a teoria certa, correcta e infalível é outra.
O que é certo e infalível com um é do mais incerto e falível com outros.
Estou farta, chateada e a ficar de cabelos em pé com tanta teoria, com tanto opinanso, com tanto "os teus filhos são mal educasos/criados/burros/manientos/birrentos/etc e tal porque tu não os sabes eninar".
O que resultou à 30 anos com filhos dos outros não resulta hoje.
O que resulta numa família não resulta noutra.
O que resulta com um filho não resulta com outro.
Porque é que se tem a mania que se é todo sabichão a partir de certa idade.
Vá ensinem-me, é mais uma teoria a juntar a tantas outras. Qualquer dia estou doutorada em teorias alheias e não solicitadas.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

A 2ª do ano

Postado por Nany às 1/18/2016 01:16:00 da tarde 1 comentários Links para esta postagem
O Filipe a antibiótico também. Os meus mais novos em casa a recuperar, já sem febres e alegres, mas como precaução já que podem ficar com a avó.
Mas, o melhor do meu fim-de-semana? A festa do 9º aniversário do meu filhote mais velho.
O ar cansado e feliz dele. O quanto ficou contente com os livros que recebeu (e as outras prendas também), e que queria folhear, o facto de ele andar à procura de um livro porque queria todos juntos e nem pensar em ver os outros sem aquele. A preocupação que tinha de levar um livro para ler nos "tempos mortos".
Obrigado amigos e família, por festejarem connosco e por me ajudarem a alimentar este gosto pela leitura

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

A 1ª do ano, mas não me apetece falar disso

Postado por Nany às 1/15/2016 01:56:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
A Sara tem amigdalite, o Filipe tem ranho até não sei onde e o Pedro tosse daquela forma típica dos que sofrem com alergias, mas não me apetece falar disso.
Prefiro falar do dia de anos do meu filho, do facto de lhe fazer a surpresa de o ir buscar à escola para almoçar, da prenda que ele tanto queria, o cantar os parabéns com os manos a apagar as velas, o Filipe a querer comer o bolo todo, a Sara a querer fazer surpresas ao mano.
Prefiro falar daquilo que me (nos) faz feliz do que falar do termómetro que ainda não eram 7h da manhã marcava 39,2.
Bom fim de semana

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

9 anos

Postado por Nany às 1/13/2016 08:00:00 da manhã 5 comentários Links para esta postagem
Há 9 anos atrás nasceu aquele que se tornou o meu preimeiro amor incondicional. O AMOR, que eu pensava ter mas não sabia ser tão poderoso, aquele que fez de mim mãe e me mostrou o que significa Amar, Sofrer, ter Orgulho e sentir uma multidão de coisas ao mesmo tempo. Aquele me tão depressa me faz sorrir, como me faz saltar a tampa, como me fz sentir a maior ternura do mundo.
Há 9 anos atrás nasceu o meu filho mais velho, o menino de bom coração, sentimentos puros, malandreco e amigo do qual tenho o maior orgulho de ser mãe.
O meu filho está quase um adolescente, que às vezes já não me quer dar a mão porque sabe ir sozinho, mas que se agarra a mim num abraço apertado, só porque passa por mim. Aquele que me pede todos os dias para me deitar perto dele, para ficarmos na conversa, ou só para lhe o miminho antes de dormir. Diz ele que gosta quando o abraço para dormir, que assim não tem "sonhos maus".
Foram os melhores 9 anos da minha vida. O meu príncipe hoje faz anos e desejo-lhe a maior felicidade do mundo.
Adoro-te Pedrocas

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Paparocas

Postado por Nany às 1/12/2016 02:27:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
Os meus miudos são pelas batatas fritas, pelas gomas, pelos chocolates, por coisinhas doces e salgadas, aquelas coisas que praticamente todos os miudos gostam.
A mãe e o pai são pela sopa, pela fruta, pela comida de garfo e faca. Claro que não somos fundamentalistas e eles lá podem prevaricar, especialmente nas festas, sendo que neste mês os aniversários multiplicam-se.
Nem sempre as refeições são pacíficas, ainda este fim de semana fiz polvo no forno e só o mais pequeno gostou - o mais velho diz que não gosta e a miuda nem quis provar. Não são muito adeptos de peixes com tentáculos.
Numa conversa sobre o que fazer para o jantar, por forma de deixar tudo orientado com o que temos no frigorífico, perguntei-lhes o que gostariam de comer:
-bifinho, com arroz, tomates e morangos
-peixe frito (carapaus pequenos fritos)
-salmão ou dourada grelhados
-robalo no forno
-salsichas com massa (daquelas em que o esparguete é espetado na salsicha antes de cozinhado)
-canja
-laranjas, morangos, bananas e diospiros.
Fiquei contente, confesso que sim, ninguém me pediu gomas ☺ Veja-se que só falaram em arroz e massa uma vez, ela come sopa e depois só quer carne ou peixe. Eles são de luas, mas comem sempre o prato mais composto. A salada é obrigatória e temos de os controlar, porque parecem pardais à volta do pão, chegamos a ter lutas.
O mais novo vota nas bananas, nos morangos e na pedinchisse das bolachas, pipocas e cereais comidos como se pipocas se tratassem.
E os vossos, também opinam na comida aí de casa?

domingo, 10 de janeiro de 2016

Bullying

Postado por Nany às 1/10/2016 12:30:00 da tarde 3 comentários Links para esta postagem
A minha amiga São passou não há muito tempo por uma situação complicada com sua filhota, (descrita aqui e aqui).
O bully começa cedo, muito cedo mesmo. E pergunto: será que os pais de um bully sabem que o são? Alguns devem saber, outros não e outros ainda nem querem mesmo saber.
Os miudos não nascem bullies. Algo no seu crescimento os torna assim.
Mas se já é um fenómeno conhecido (e não me venham com a conversa que são coisas de crianças quando andam à estalada uns aos outros), porque raio não se faz nada acerca disso?
Porque razão os pais são coniventes (aqueles que sabem)? Porque não têm uma conversa com os seus filhos?
Porque é sempre necessário acontecer algo de grave para se ter atenção à vítima?
Porque não somos capazes de ensinar empatia, compreensão, tolerância?
A raiva existe, é um sentimento. Mas porque é que não se ensinam as crianças a ter outras formas de resolver as suas quesílias?
Serão os filmes? Serão os jogos? Serão os desenhos animados?
Não sei, só sei que crescendo como a mais alta da turma, de óculos também me senti à margem, mas como li uma coisa sei que não quero: Não quero ser mãe de uma bully, nem de uma vitima
Li também este artigo no Sapo e achei por bem partilhar. É necessário clicar em cima das imagens para poderem ler o artigo todo.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

A culpa é da disciplina de Estudo do Meio

Postado por Nany às 1/08/2016 12:00:00 da tarde 4 comentários Links para esta postagem
Sistema digestivo - fácil
Sistema circulatório - fácil
Sistema reprodutivo - já estão mesmo a ver certo?

-Ó mãe, tu sabes que para pôr a sementinha na barriga das mães é preciso por a pilinha dentro do pipi?
-Ó mãe, o que é se sente quando a pilinha está dentro do pipi? Dói?
-Mãe,  quanto tempo é que o pénis tem de estar dentro da vagina para fazer um bebé?


Agora, tentem responder de uma forma séria, sem se desatarem a rir à gargalhada, principalmente com a cara de espanto/escândalo do vosso filho.
Eu ainda hoje me rio à gargalhada com a conversa de ontem.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Ainda na senda dos presentes

Postado por Nany às 1/06/2016 02:22:00 da tarde 3 comentários Links para esta postagem
O Natal não fez nem um mês que aconteceu. Antes disso tivemos 4 aniversários. Este mês temos mais dois.
As prendas somam-se. Além destes acontecimentos em família vamos ter no próximo fim-de-semana 3 aniversários de amigos.
Eu dou voltas à cabeça para lhes comprar as prendas, não é o valor da prenda, mas em dar a que ele querem mesmo, a que dá prazer ao abrir, que nos deixa boas recordações.
O meu mais velho, a dias de fazer anos, já me disse o que queria: livros do Diário de um Banana, ou o Diário de um Banana Vampiro. A avó perguntou-lhe o que ele queria, mas tinha de ser uma coisa barata disse ela, ao qual ele respondeu que gostava de ter uma t-shirt do Benfica, mas como isso era um coisa cara se podia ser antes uma caneta do Benfica. Fiquei orgulhosa dele, eu sei que gosta de jogos da PSVita mas não pede porque sabe o valor deles.
Então e o resto? O melhor e que sei que eles gostam e pedem mais:
- histórias inventadas por mim, em que eles são os heróis;
- quando se vão deitar ficar lá com eles a dar-lhes um miminho,
- sentarmo-nos a ver qualquer coisa na tv
- fazer-lhes algo que seja específico para eles em conjunto, ou um em particular
- acordá-los com beijinhos
- fazer cócegas até mais não
- jogar jogos
- ser criança como eles
No fundo, ter mais tempo para estar com eles, aproveitar o seu crescimento e o facto de serem crianças.
Tempo que me foge. Tempo que às vezes parece ser apenas passado a ralhar, a limpar, a arrumar, a fazer comida. Tempo que não dá tempo.
O presente que queria dar e receber? Mais tempo (do muito bom) com eles e para eles.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Lembram-se do nosso calendário do advento?

Postado por Nany às 1/04/2016 04:12:00 da tarde 1 comentários Links para esta postagem
Foi uma ideia que me deu, por causa do Pai Natal, dos presentes, do portar bem senão são todos devolvidos, do revirar de olhos que surgia a cada passo: ou porque o Pai Natal não existe, ou porque já estavam fartinhos da história da devolução.
Mas fui consistente e fiz tudo como queria, muito rudimentar e com a ajuda deles por 25 dias.
Correu bem. Muito bem. Aliás, eles ainda hoje me perguntam se não têm mais pistas para encontrar. O melhor era mesmo o jogo, a partilha.
Se este ano farei outro não sei, mas a 1ª experiência deixou-me satisfeita, Por isso, aqui ficam as nossas actividades:
1 - Hoje é dia de comer línguas de gato (as nossas eram de chocolate)
2 - Hoje é dia de ir para a cama ao pé coxinho
3 - Hoje é dia de ouvir músicas de Natal (das mais trapalhonas e divertidas encontradas nessa ner fora)
4 - Hoje é dia de fazer cócegas
5 - Hoje é dia de escrever uma carta ao Pai Natal
6 - Hoje é dia de fazer a árvore de Natal
7 - Hoje é dia de fazer um desenho para oferecer à avó nos anos
8  - Hoje é dia de ir ver o Pai Natal
9 - Hoje é dia  de cantar uma música de natal (tivemos sessão de talentos)
10 - Hoje é dia de fazer um desenho para oferecer ao Pai nos anos
11 - Hoje é dia de trazer um amigo para jantar (amigos com irmãos é sempre bem mais divertido)
12 - Hoje é dia de festa na piscina (a festa de Natal na piscina da minha filhota para frequentadores e família)
13 - Hoje é dia de cantarem uma música ao Pai e à Mãe (eles andavam a cantar e ensaiar para as respectivas festas de Natal)
14 - Hoje é dia de anos do Pai
15 - Hoje é dia de anos da Avó
16 - Hoje é dia da festa da Sara
17  - Hoje é dia da festa do Pedro
18 - Hoje é dia de festa no trabalho da mãe (e que diversão foi)
19 - Hoje é dia de banho de espuma (eles adoraram, já repetimos porque foi e é mesmo divertido)
20 - Hoje é dia de embrulhar presentes (os das professoras e auxiliares)
21 - Hoje é dia de receber uma escova de dentes nova
22 - Hoje é dia de pintar bolas de Natal para enfeitar a casa
23 - Hoje é dia de ver um filme e comer pipocas (sessão de cinema no sofá da sala)
24 - Hoje é dia de esperar com a família a chegada do Pai Natal
25 - Hoje é dia de brincar com os brinquedos novos

Caso vejam ideias iguais às vossas, é porque me inspirei em vocês e copiei à descarada ☺


sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Feliz 2016

Postado por Nany às 1/01/2016 08:00:00 da manhã 3 comentários Links para esta postagem
Google Imagens
De nós para todos vocês, que 2016 seja o "ano", aquele que fica para a memória pelas coisas boas, pelo coração cheio, pelos sorrisos, pela saúde, pelas gargalhadas e principalmente pelo Amor.
Feliz 2016



 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez