terça-feira, 31 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/31/2006 11:52:00 da manhã Links para esta postagem
As minhas amigas virtuais que me perdoem, mas este post é 90% para a minha amiga São, que tem sido uma amigona desde que a conheci, mas os outros 10% são vossos e estão todas dentro do meu coração.

Tia São não te esqueças que a Tia Ana quer uma feijoca, para dar muitos beijinhos e esmifrar completamente. Quando ela me visitar vou levar tau tau, de certezinha, mas é por uma boa causa.

Como Deus criou o Amigo

Deus na sua extrema sabedoria
observando o homem,
percebeu que ele além da esposa,
dos pais e dos filhos
precisava de mais alguém
para completar a sua felicidade
e então Ele resolveu
criar alguém muito especial
E para isso
Ele resolveu juntar algumas boas qualidades
para formar esta pessoa muito especial
Ele juntou a paciência,
a compreensão,
o carinho,
e o amor
que são típicos da mãe.
Colocou um pouco de determinação,
de força,
de decisão,
tirados do pai
E percebendo
que ainda faltava alguma coisa,
misturou a tudo isso
a pureza,
a espontaneidade,
a alegria,
a irreverência
e a sinceridade das crianças.
Para dar o retoque final
Ele acrescentou a paciência,
e a moderação dos avós.
Disso tudo surgiu
um alguém muito especial,
importante e fundamental
na vida de todos nós.
E de toda essa mistura de boas qualidades
e de tudo que é bom,
surgiu o AMIGO(A)

segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/30/2006 01:37:00 da tarde Links para esta postagem

Mais uma Segunda-feira... Cá para mim o fim-de-semana devia ter três dias.
Hoje é o último dia do Methergin e até agora não senti nada. Confesso que ao segundo comprimido já estava completamente zonza e que nem da cama me conseguia levantar, mas como era Sábado de manhã não me importei muito, mas confesso que nunca me tinha acontecido. Tenho a sorte de não sofrer por aí além com os efeitos secundários dos medicamentos e este supreeendeu-me. Agora não sinto nada, só sono, mas tembém sono tenho sempre. O Mr. Red é que nem vê-lo, está de férias ou fez greve. Vou-lhe dar mais uns dias, se nada acontecer ligo para a Ava e pergunto o que fazer a seguir.
Entretanto vou-me preocupando com as frequências e com o trabalho. Aqui as coisas vão mais ou menos, tenho que descobrir o que se passou na Sexta à tarde, pois parece que houve confusão, quero saber se me meteram ao barulho. Os únicos dias que tiro são para a escola (tenho direito por causa das frequências e nem sequer tiro os 2) ou falto de manhã ou de tarde por causa das consultas. Que culpa tenho eu de sofrer de INFERTILIDADE e ter de ir a consultas? Que culpa tenho se é uma situação que não se resolve num mês nem num estalar de dedos? Devo ter muita, pois o facto de ir tantas vezes ao médico faz confusão aqueles que não têm mais nada que fazer e gostam de arranjar sarilhos.
Estou a ficar furiosa. Se não me meto na vida de ninguém porque se metem na minha? Detesto colegas controladores. Já somos todos crescidos e supostamente responsáveis. Acham mal quando não estou aqui, mas não acham mal quando estão a tarde toda a ver televisão, a dormir no sofá da sala de arquivo, nem quando se fecham para as depilações e arranjos de unhas!!!! Se eu não faço o trabalho delas, nem elas têm nada a ver com o meu, gostava de saber qual é o problema. Juro que gostava.
Por vezes fico desorientada de todo. Detesto este tipo de pessoas. Gosto do meu trabalho, só não gosto de 2 pessoas nele. A princípio não me apercebi, mas depois comecei a não contar muito da minha vida só o estritamente essencial, do tipo "amanhã vou ao médico" ou coisa do tipo, e vá lá.
Entretanto, encontrei este poemita na net e decidi partilhar com vocês.
UMA EXCELENTE SEMANA e para as lindinhas que têm consultas esta semana BOA SORTE e que DEUS VOS ABENÇOE.
Beijoquitas

sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/27/2006 12:36:00 da tarde Links para esta postagem

Quando tudo parece perdido,
E a esperança desaparece,
Procure por mim,

Estou a teu lado,
Embora não me vejas.
Quando lágrimas,
Insistirem em cair de teus olhos,
Lembra do sangue que derramei,
Para que fosses feliz,
Quando o desejo de morrer,
Tomar conta de teu ser,
Lembra que tua morte será em vão,
Eu morri para salvar os homens,
E mesmo assim não consegui.
Eu tenho meu tempo,
Eu sou dono da vida e da morte,
E só morrerás em meu tempo,
Quando tudo parecer breu,
Os desamores,
As descrenças,
As desesperanças,
Insistirem em tomar conta,
De teu coração,
Me busca, nunca abandonei
Quem de mim precisa,
E não será tu, que confias em mim,
Que deixarei desamparada(o),
Vamos coloque um sorriso nesse rosto,
Erga a cabeça e siga em frente,
Logo, logo, sentirás minha presença,
E tudo se resolverá.
Tristezas, não cabem em meu mundo,
E se te provo em coisas da vida é porque sei

Tens força suficiente para enfrenta-las.
Eu sou teu Deus, jamais te abandonarei...
Portanto filha (o), espera, e confia...
Em meu tempo... Tudo resolverei.
Entrega-te a mim sem medo...
Pai nenhum deste mundo,
Abandona um filho,
Aceite então as provações a que te submeto,
Estas só servirão, para engrandecer teu espírito,
E te tornares, Mensageira(o) de minhas palavras, e de meus actos em tua vida.
Será testemunha viva,
Do meu poder, E do meu amor,
Pora aqueles que confiam em Mim!


“Eu sou a luz do mundo, aquele que me segue jamais andará nas trevas.”
EU TE AMO!

Jesus Cristo

quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/26/2006 12:51:00 da tarde Links para esta postagem

Véspera de Sexta-feira. Quase fim de semana. Um dia frio mas com sol. Isto hoje promete.
Não sei porquê acordei normal mas tenho gradualmente ficado melhor. Espero continuar assim e logo estar muito bem para receber o meu Amor com todo o carinho que ele merece. Se continuar assim vou passar um bom fim de semana, digam lá se isto não é bom sinal?
Já sei que os bebés da minha amiga Lili foram para casa, embora estejam de quarentena mais um mês, porque eles também só deveriam nascer daqui a um mês, foram apressadinhos. Só tenho pena de não conseguir falar com ela, mas também agora lá em casa deve andar tudo no horário de bebé.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/25/2006 04:07:00 da tarde Links para esta postagem

Isto hoje é de loucos, fiquei em casa para estudar e ainda não consegui fazer nada de jeito.
Quanto ao queridinho inimigo púlico nº 1 ainda não deu o ar da sua graça. Quando queremos o fulano faz-se de caro e não aparece. Vou aguentar mais uns dias. Tenho de estudar e já me basta a dor de cabeça de ontem, parecia que ia rebentar. Se ele não aparecer vou tomar os comprimidos pelos três dias. Queria que a situação se resolve-se por si, seria mais fácil voltar à luta.
Ainda não estou bem, por vezes tenho uns sonhos estranhos, que tudo isto foi um erro e que estou mesmo grávida. A minha ansiedade e o meu desejo andam a pregar partidas eu sei.
Agora além do sono que sempre tive, ando a ficar nauseada quase mal disposta. Só de escrever isto me está a dar um nó no estômago. Eu até não me importava se fosse por uma boa causa.
Era mesmo isto que eu queria, agarrar a dor que me apanha desprevenida, por dentro de um envelope e devolvê-la. O problema é que ela não se deixa agarrar e não sei qual é o remetente.
Já deu para perceber que hoje não acordei bem, devo estar anestesiada da dor de ontem. Acho que os meus miolos ainda não se recompuseram e só pensam asneiras.
Xau

segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/23/2006 12:41:00 da tarde Links para esta postagem
Hoje é um novo dia. Não o dia que eu queria, mas o dia que temos.
Ainda não estou a 100%, mas estou a tentar caminhar nesse sentido. Sinto maior dificuldade numas alturas que noutras, mas é normal, acho eu.
Este fim de semana foi para chorar, limpar a alma e tentar encarar a situação como um precalço. Como diz o meu querido "o nosso dia vai chegar". Graças ao apoio dele torna-se mais fácil encarar a situação. Ele também sofre como eu e é muito mais fácil falar com quem nos entende.
Chorei muito, revoltei-me muito e para cúmulo tive de ir ao Continente do Colombo na Sexta à noite para comprar uma prenda e estava a decorrer a feira do bebé. Claro que eram só bebés e mulheres grávidas, mas por outro lado o choque fez com que eu acordasse e mandasse para fora toda a tristeza, angústia e raiva que sentia acumulada e entalada. Foi bom, senti-me mais aliviada e mais capaz de enfrentar a situação e voltar à luta. Vai devagar, um dia de cada vez, mas tem de ir, tenho de voltar. Tenho de lutar para ter o filho que sempre desejei.
Aqui no trabalho só uma pessoa sabe o que se passa, mais por causa das vezes que tenho de sair mais cedo ou chegar mais tarde por causa das consultas. Não contei a mais ninguém, nem quero contar. Tirando essas e outras duas (ao todo somos 6), as meninas que sobram são pessoas que não interessam e que têm prazer em ver a dor alheia. Posso parecer orgulhosa, mas já o vi acontecer e como se costuma dizer "nas costas dos outros lemos as nossas". Se não pessoas amigas delas ou com quem elas engracem é merecido. No entanto são essas pessoas que também não me deixam cair, olho para elas e penso "tenho de ser forte, sorrir e não lhes demonstrar", isto porque são daquele tipo: "coitadinha, mas não penses nisso que a coisa acontece, se calhar precisas de ir de férias e pronto", "se não podes ter filhos é porque não deves merecer", "não vale a pena contrariar a natureza, ela sabe o que faz" e outros que nem quero lembrar, e isto nos dias simpáticos. Não são pessoas ignorantes e isso magoa mais. Sabem o que se passa, são inteligentes, mas como não lhes bate à porta (nem desejo que bata, pois só quem passa pela infertilidade sabe a dor que causa) acham que é exagero da minha parte.
Uma coisa boa foi a mensagem que recebi hoje no mail do trabalho, também me fez encarar a situação de forma diferente. Vou transcrever para qui pois achei linda:

UM PEDAÇO DE BOLO...
Às vezes perguntamo-nos:
"O que eu fiz para merecer isto?"
ou...
"Por que Deus tinha que fazer isto justo comigo?"
Aqui vai uma belíssima explicação:

A filha dizia à Mãe como tudo ia errado. Ela não se saíra bem na prova de Matemática...o namorado resolveu terminar com ela e a sua melhor amiga estava de mudança para outra cidade.
Em horas de amargura, a mãe sabia que poderia agradar a filha preparando-lhe um bolo. Naquele momento não foi diferente. Abraçou a filha e levou-a à cozinha, conseguindo arrancar da moça um sorriso sincero.
Logo que a mãe separou os utensílios e ingredientes que usaria e os colocou na mesa, perguntou à filha:
-Querida, quer um pedaço de bolo?
- Mas já, mamãe? É claro que quero. Seus bolos são deliciosos...
Então está bem, respondeu a mãe. Tome um pouco desse óleo de cozinha!
Assustada, a moça respondeu:
- Credo, mãe!
- Que tal então comer uns ovos crus, filha?
- Que nojo, Mãe!
- Quer então um pouquinho de Farinha de Trigo ou Bicarbonato de Sódio?
- Mãe, isso não presta!
A Mãe então respondeu:
- É verdade, todas essas coisas parecem ruins sozinhas, mas quando as colocamos juntas, na medida certa... ...Elas fazem um bolo delicioso!

Deus trabalha do mesmo jeito. Às vezes a gente se pergunta por que Ele quis que nós passássemos por momentos difíceis, mas Deus sabe que quando Ele põe todas essas coisas na ordem exacta, elas sempre nos farão bem. A gente só precisa confiar n'Ele e todas essas coisas ruins se tornarão algo fantástico!
Deus é louco por você. Ele te manda flores em todas as Primaveras... O nascer o Sol todas as manhãs... E sempre que você quiser conversar, Ele vai te ouvir!
Ele pode viver em qualquer lugar do universo, e Ele escolheu o seu coração!

Principalmente quero agradecer a todas as lindas meninas e grandes Mulheres da blogosfera e do P&B pelo apoio e pelo carinho. As vossas palavras são muito importantes e acreditem que apesar de as ler a chorar ajudam a reconfortar e a suportar a dor. OBRIGADO DO FUNDO DO CORAÇÃO.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/20/2006 04:37:00 da tarde Links para esta postagem

Confirma-se, é uma gavidez anembrionária. O saco gestacional pouco cresceu e tem contornos mais irregulares.
Vou deixar o Utrogestan e esperar menstruar, depois marco uma consulta a ver o que vou fazer a seguir. Para já é só esperar. Se não aparecer o periodo até 2ª tenho de tomar um medicamento por 3 dias.
O médico diz que é normal, que já foi bom ter acontecido pois significa que houve fecundação. Que acontece muitas vezes, que só é preocupante se acontecer muita vez segiuda à mesma mulher. Mesmo assim não deixo de me sentir triste, vazia. Estou tão anestesiada que nem consigo chorar.
Agora vou aconchegar-me ao marido e tentar ultrapassar. Arranjar forças para volta à luta.
Bjs e um bom fim de semana, vou tentar que o meu seja normal.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/19/2006 11:54:00 da manhã Links para esta postagem

Pegadas na Areia

Um dia eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e no céu passavam cenas de minha vida. Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiantes da minha vida.
Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao meu Senhor:
- Senhor, tu não me disseste que, tendo eu resolvido te seguir, tu andarias sempre comigo, em todo o caminho? Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo por que nas horas em que eu mais necessitava de ti, tu me deixaste sozinho.
O Senhor me respondeu:
- Meu querido filho. Jamais te deixaria nas horas de prova e de sofrimento. Quando viste na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exactamente aí, que te carreguei nos braços.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/18/2006 11:53:00 da manhã Links para esta postagem

Grrrrrrrrrrrrr........só me apetece gritar e mandar tudo para o alto, batr com a porta e ir para casa, chorar, chorar até ficar sem forças.
Porque é que quando mais precisamos de descanso, de paz de espírito as coisas correm ao contrário. No espaço de 3 dias foram duas situações daquelas. Uma carga de nervos tal que além de dores de estômago fico com umas cólicas de assustar. Numa altura em que preciso de paz, para ver se por uma milagre e pela ajuda de Deus consigo com que esta gravidez tenha sucesso, não, é quando as coisas mais me tiram do normal.
Assim não dá. Fico cheia de dores e mais, com quilos de preocupação daquilo que sei que estou a fazer mal e quais as repercussões que isso pode trazer é o que mais me assusta.
Porquê, porquê, porquê? É a única coisa que sei pensar.
No Domingo vi um bebé com 8 dias de uma conhecida minha dos meus tempos de juventude, o 3º filho, e se dantes era a primeira a ver o bebé a querer pegar-lhe, agora não consigo. Eu sei que as crianças e as mães não têm culpa, mas não consigo. A tristeza é tão grande, a angústia que sinto sufoca-me de tal maneira que fico paralizada com vontade de fugir e desaparecer.
Sei que não me devia sentir assim, sei que isso não é bom. Mas é mais forte do que eu. Não consigo evitar. Sei que isso demonstra que sou uma péssima pessoa, mas neste momento também me sinto assim a pior das pessoas do Mundo.
Na semana passada queria que a Seixta chegasse, esta semana quero e não quero. tenho medo, muito medo mesmo. Não sei se vou conseguir aguentar.
Rezo todos os dias para que Deus me ajude, me dê forças e que se for da Sua vontade não deixe que nada de mal aconteça. É pediir muito, eu sei, mas é a única coisa que me vai levando, o resto, faço porque tenho de fazer.
Não sou por natureza uma pessoa muito optimista, mas sempre tenho tentado lutar, agora não consigo mais, as forças faltam-me e não vejo como voltar a recuperâ-las.
Hoje é mais um daqueles dias em que não estou bem. Precisava de falar, de desabafar. Deitar cá para fora nem que seja a escrever. Pode ser que ajude.
Enjoos nada. Más disposições nenhumas. Fome sempre. Sono permanentemente. Penso se é normal, se não deveria sentir mais nada.
Já não sei o que fazer, o que pensar.
Nada, não me apetece nada.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/16/2006 02:26:00 da tarde Links para esta postagem
Já tinha visto o teste e agora decidi fazer. Achei engraçado e acertou em algumas coisas.


Your house tells the world that you ought to be a leader. You are a freedom lover and a strong person. You are shy and reserved. If you've drawn a cross on each of windows, you always want to live alone. Once you have a problem, you need a friend with you. Your life is always full of changes. You will avoid being alone and seek the company of others whenever possible. You love excitement and create it wherever you go. You have a strong personality and you like to command, influence and control people. You added a flower into your drawing. The flower signifies that you long for love. It also safe to say that others don't see you as a flirt. You don't think much about yourself.

http://drawahouse.com/

sábado, 14 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/14/2006 01:28:00 da tarde Links para esta postagem

Fiz ontem a eco e só se viu um saco gestacional de 10mm. Pelas contas do médico devia estar de 7 semanas e como tal já devia existir embrião. Vou voltar lá para a semana, sexta dia 20/01, e aí vamos tirar as dúvidas. Tudo aponta para uma gravidez anembrionária e a minha tristeza é mais que muita.
Hoje a única coisa que me fez levantar foi a minha fé em Deus, que Ele não se esquece de mim e que um dia, quando eu merecer ele me vai dar aquilo que mais desejo, um FILHO. Fui fazer a frequência e vou tentar viver um dia de cada vez. Assim esta angústia e este vazio são mais fáceis de suportar.
Tenho de aguentar. O meu marido já não dormiu bem esta noite também preocupado e com tanto apoio e carinho que ele me tem dado, vou aguardar e tentar não o preocupar mais até que chegue o dia da próxima eco.

terça-feira, 10 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/10/2006 02:03:00 da tarde Links para esta postagem


Esta é a minha música do momento. Já que não posso fazer outras coisas que gosto, pelo menos desforro-me. Oiço no trabalho, no carro (também levo cerca de 15/20m a chegar) e em casa enquanto ando nas arrumações. É lindo, cantamos todos e pelo menos sempre arrumo com mais gosto, porque quando andavam a distribuír os dotes de fada do lar devia estar a dormir ou a sonhar acordada, não gosto mesmo nada de o fazer, gosto de ver feito, mas à certas coisas em casa que detesto (tipo arrumar a cozinha e as wc), dêem-me antes roupa para passar. Claro que oiço os 3 cd que tenho deles, aquela faze de ouvir sempre o mesmo já passou, agora tenho mais dois ;).

Hoje acordei assim, mais bem disposta, ansiosa para chegar sexta, mas contente porque já só faltam 3 dias.

E com esta me fico, agora vou trabalhar (leia-se estudar, porque vou passar aulas).

segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/09/2006 12:33:00 da tarde Links para esta postagem

Já começou esta semana. Estava a ver que nunca mais chegava. Não ando mesmo normal, quero que o fim de semana passe depressa, mas é só para que a Sexta chegue depressa. Estou ansiosíssima pela eco, já faço castelos no ar e ao mesmo tempo nem quero pensar nisso.
A partir de Sábado começam os meus exames e só terminam em Fevereiro, não há quem aguente....
Uma coisa boa é o facto de este abcesso estar a querer diminuír. O pior é ter de por gelo, com este frio pareço um pinguim. Ter de tomar aqueles comprimidos enooooormes também não é pêra doce, mas acho que não me posso queixar, aos pouquinhos vejo a coisa melhorar, até já consigo dormir para o lado direito agarrada ao maridinho ;)

Estou um bocadinho triste por causa da minha amiga São. O cão dela tem um caroço na bochecha que a médica desconfia ser um tumor. Eles andam de rastos. Aquele cão é um membro da família, mais valioso que muitos outros e não gosto nada de os ver assim, ao mesmo tempo sinto-me impotente por não a poder ajudar. Na Sexta (pois....) já sabem algo de novo. esta semana vai ser loooonga.
Por agora fico por aqui, vou almoçar e ver se consigo estudar alguma coisa ainda não estudei nada e tenho mesmo de me aplicar).
Beijitos

sábado, 7 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/07/2006 10:12:00 da manhã Links para esta postagem


Esta noite fartei-me de sonhar e para não variar andava sempre a refilar, mas desta vez não bati em ninguém. Tenho mesmo sonhos muito estranhos.

Ontem ligaram-me da Ava, posso tomar o remédio, já tomei um e vou continuar pelo menos 7/8 dias que é o tempo dos antibióticos fazerem efeito. Entretanto vou à eco (estou tão ansiosa....) e logo falo com o Dr. Miguel. O nome do medicamento é lindo, vejam só Amoxicilina e Ácido Clavulânico rathiopharm 875mg e 125 mg, o nome é grande para um comprimido maior ainda. Acho que vou seguir o conselho e rir, hoje tenho de ir ao sogro e tenho de sorrir, é uma daquelas coisas. Porque não posso ter uns sogros e cunhados agradáveis, porque é que me tinham de calhar estes?

Adiante, é fim de semana por isso

sexta-feira, 6 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/06/2006 12:35:00 da tarde Links para esta postagem


Já fui ao médico. Tenho um abcesso e como não posso tomar anti-inflamatórios a medica receitou-me um antibiótico. Claro que fui logo à Ava com a receita, ficaram de me telefonar com uma resposta do Dr. Miguel. Não tomo nada sem ele dizer e mesmo assim, estou na dúvida, se calhar ponho muito gelo, betadine e aguento-me à bronca. Com não estamos no Verão também não suo tanto e pode ser que passe mais depressa.

Tenho de perguntar ao Dr. se é normal estas sensações de fraqueza, tipo tensão baixa. De vez e quando apanham-me desprevenida.

Chegou hoje o resultado da primeira beta, 65,4 ml. O que eu quero é da última, mas eles já não o tinham na clínica. Vou ter de esperar.... Fiquei agora com uma dúvida existencial, a ecografia é pélvica ou com sonda? Alguém me sabe dizer?

Vou almoçar e depois toca a andar para o trabalho. Na realidade o que eu queria era dormir, mas não me deixam e ainda tenho escola hoje....haja saúde.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/05/2006 01:40:00 da tarde Links para esta postagem

Hoje é daqueles dias. Estou calminha mas ainda não cai em mim. Acho que isso só vai acontecer quando for à ecografia no dia 13. Sexta feira 13, já viram a minha sorte? E eu que não sou nada supersticiosa, nadinha mesmo.....ai ai. Nada a fazer.
Estou preocupada é com outra coisa. Tenho tipo uma borbulha enorme na axila direita e além de estar vermelhona a pontos de rebentar, dói bastante. Não sei o que fazer. Estou a pensar amanhã ir ao médico ver o que ele me diz, mas levar o exame claro ;). Da última vez que lá fui com isto mandou marcar uma consulta de cirurgia geral, no dia da consulta já não tinha quase nada e agora o que faço? HELP!!!!!!!
Bem, tenho de ir trabalhar sobretudo estudar, começam o exames dia 14 e só terminam lá para meados de Fevereiro, ainda me falta marcar um.
Xau, bjinhos doces e até logo.

terça-feira, 3 de janeiro de 2006

Postado por Nany às 1/03/2006 04:49:00 da tarde Links para esta postagem

Deu POSITIVO e desta vez um positivo bom 1495....... Nem acredito, não sei o que sentir, estou tão feliz que ando completamente nas nuvens.
Dia 13 às 16H30 tenha a eco. Vou andar ansiosa até lá, mas agora é por uma boa causa.

Um beijão do tamanho do MUNDO a todas as minhas amigas do P&B que sempre me deram o seu apoio, e que TODAS elas tenham a sua estrelinha este ano. Obrigado minhas queridas.
Postado por Nany às 1/03/2006 02:08:00 da tarde Links para esta postagem

"Fé é manter a certeza de queDeus conhece as nossas necessidadese de que nunca seremos abandonados."
 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez