quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Carrega uma mãe uma filha por 39 semanas e 2 dias para ouvir isto!

Postado por Nany às 1/28/2015 03:45:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
Ontem, estava eu a jantar com o mais velho, após ele ter chegado do futebol, quando D Princesa, estava a fazer os seus apontamentos.
Por apontamentos entenda-se tomar nota do nome dos meninos que se portam mal e falam, nomeadamente eu, o pai e os manos.
Depois do seu trabalho, ela veio perguntar-nos se sabiamos que letras eram aquelas. Opinámos: parecia um S, um A, um P, um O, um número......nada.
Resposta de dona sabichona:
Ora pensem lá suas cabeças de abóbora e depois respondam!
Não há condições! Eu que me tinha por inteligente, que sabias umas coisas, sou uma cabeça de abóbora.....

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

E no visor do telemóvel, aparece creche

Postado por Nany às 1/26/2015 02:40:00 da tarde 1 comentários Links para esta postagem
Normalmente é para me dizer que um deles está doente, tem febre. Ultimamente é o Filipocas.
Agora com os picos da gripe que são e depois não são, com frio de manhã e depois um calor seguido de um frio brutal, com as gastroenterites que por aí andam, tenho medo, tenho muito medo.
Quando é que isto pára?
 

domingo, 25 de janeiro de 2015

14 meses

Postado por Nany às 1/25/2015 09:00:00 da manhã 1 comentários Links para esta postagem
Estás esperto, malandro e maroto.
Adoras os manos, mas és ciumento se estás ao meu colo ou do pai, empurra-los e choras. Se os vês ao nosso colo vens a correr e tentas tirá-los de lá.
És tão engraçado a andar que me dá vontade de rir e ao mesmo tempo fico cheia de orgulho de ter ver assim.
Não gostas muito do carrinho, nem da cadeirinha do carro, mas já começas a perceber que são para te levar a passear a coisa corre melhor.
Dizes um delicioso Maii (Mãe) alto e bom som, enquanto me dás um abracinho que me derrete por completo.
Estás sempre debaixo dos nossos pés, especialmente se estamos na cozinha e não podes vez a porta do wc aberta que vais logo espreitar.
Adoras mexer nas gavetas e armários da cozinha e tirar tudo o que está lá dentro. Espero que não te apercebas da facilidade que é abrir os armários da sala, porque seria uma festa de coisas partidas.
Se tens fome refilas, resmungas, choras até seres atendido. Gosta de tudo e preferes sempre o que está no nosso prato. Provaste pastéis de bacalhau na festa de anos do mano e gostaste muito. Não és amante de banana, mas gostas de trincar a casca da dita, como quem lhe espreme o sumo e depois deita fora :)
Estás a crescer muito depressa, estás a cada dia mais lindo, mais fofo. Amamos-te a cada dia mais, és o nosso bebé querido. Parabéns pelos 14 mesinhos meu amor pequenino

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Família de Monstros

Postado por Nany às 1/21/2015 04:08:00 da tarde 2 comentários Links para esta postagem
Um dos projectos na sala da minha miuda este ano são os monstros. Os monstros que os assustam, que não os deixam dormir, mas que vai-se a ver até são simpáticos. Tudo para desmistificar medos e receios.
Temos o monstro Henry Monstro Feliz, temos um livo sobre um Monstro que cheira mal, temos os filmes daqueles monstros fofinhos e que nos arrancam umas gargalhadas, temos vários monstros.
Mas os melhores de todos somos nós: o Pai é o Monstro das Cócegas, o mano Pedro é o Mostro dos Abraços, o mano Filipe é o Monstro das Bolachas (e se ele gosta de bolachas) e eu sou a Monstra dos Miminhos e Abracinhos, e ela, bem ela é a Monstrinha Gulosa (porque gosta mesmo muito de chupas, gomas, rebuçados e chocolates).
E vocês, que tipo de monstro são?

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

E agora foi a vez da Princesa

Postado por Nany às 1/20/2015 02:10:00 da tarde 1 comentários Links para esta postagem
Acordar no dia da festa de anos do mano mal disposta e com dores de barriga.
Passar o dia a vomitar, adormecer com o barulho de 13 miudos e 10 adultos, sem brincar com a sua amiga Rita (a quem ela gosta tanto de pentear).
Ontem ficámos em casa as duas, numa de namoro e brincadeiras. Ela adormeceu no sofá depois do banho, coisa muito estranha e rara.
Hoje foi para a escola e notei as calças largas, numa miuda fininha, branquinha quase transparente e com olheiras. Bem disposta é certo, chorona de mãe (muito), mas ver aquele rabito nas calças em que sobram as ditas calças custa muito.

domingo, 18 de janeiro de 2015

E eu não disse que ele cresceu para lá de muito?

Postado por Nany às 1/18/2015 09:00:00 da manhã 1 comentários Links para esta postagem
Com 8 anos o Sr Pedrocas tem 1,31m e 35,2kg.
Está crescido, bom de saúde e é um rapazinho adorável.
Vai ter de ir mesmo à consulta do dermatologista no próximo mês, mas de resto tudo ok.
Vai fazer a 2ª dose da Bexsero e vamos vigiar o peso que ele come bem, muito bem e convém não deixar a coisa avançar. Hoje é dia de festa, por isso vamos fazer o estrago da semana e deixá-lo comer o que lhe apetecer na festa a seguir continua com a ementa da nutricionista, que está sempre actualizada.
Se o miudo é como a mãe e não nasceu com o gene da matemática, nasceu com o gene de gostar de comidinha e  o corpinho acumular a dita.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Consulta Otorrino

Postado por Nany às 1/16/2015 09:30:00 da manhã 1 comentários Links para esta postagem
Fomos à consulta de revisão da orelha, como costumo dizer ao Pedrocas para ele ficar menos preocupado, e tivemos boas notícias.
O meu piolho está bem do ouvido direito e só precisa de fazer nova revisão em Maio. O que mais gostei de ouvir é que não se prevê nenhuma operação.
Assim já posso (podemos) respirar de alívio.
Ele começou o ano nas urgências do hospital com uma erupção cutânea que pode ter sido bicho que o mordeu e/ou efeito secundário da Bexsero, associada a uma dose de vómitos e mau estar. Acordar no 1º dia do ano coberto de babas é dose.
Vamos também fazer a consulta com a pediatra e ver o quanto ele cresceu (para lá de muito, posso já adiantar).

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Miudo finalmente vacinado

Postado por Nany às 1/15/2015 04:15:00 da tarde 0 comentários Links para esta postagem
Já não era sem tempo, mas entre ter o Filipe doente e com febre, depois de toamr dois antibióticos, hije tomou as vacinas dos 12 meses.
Mesmo assim, confesso que fui a medo, já que ele tem andado ranhoso e cheio de tosse.
Não sei que mais posso fazer para acabar com tanto ranho, com tanta tosse que não nos deixa dormir descansados.
Já estou mesmo fartinha disto e o Inverno ainda agora vai a meio. As chamadas no tlemóvel que anunciam a creche fazem-me tremer, quase sempre é para me informarem que ele tem febre. Agora sabendo que estas vacinas provocam febre e que, daqui a uma semana poderão ter o mesmo efeito, num espeço de tempo que se prolonga por 72h, dá-me urticária.
Essa é uma das razões pelas quais não tenho aparecido tanto por aqui. Só quero é que o meu menino fique bem e que os outros dois não fiquem doentes.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

8 Anos

Postado por Nany às 1/13/2015 09:00:00 da manhã 4 comentários Links para esta postagem
Ainda ontem nasceste e hoje fazes 8 anos.
Estás tão crescido meu amor. És lindo e inteligente, és sensível e curioso, atencioso com os demais e ficas sensibilizado quando não o são contigo.
És um menino de oiro, o nosso. És o irmão mais velho ideal, sempre preocupado com os manos.
Ainda gostas do miminho antes de dormir, mas já sabes que o Pai Natal é o pai e a mãe.
És estudioso e bom aluno. Gostas de aprender e a tua curiosidade inata ajuda a tentar saber sempre mais.
Adoro as nossas conversas, a tua companhia, o menino lindo que és e na pessoa que vejo te estares a tornar.
És o nosso amor maior, o mais velho, aquele que fez descobrir o amor maior.
Amamos-te muito meu amor crescido.
Votos de muito amor e felicidades da tua mamã

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Não fui eu que escrevi isto, mas diz muito daquilo que sinto

Postado por Nany às 1/08/2015 09:00:00 da manhã 1 comentários Links para esta postagem
E estas palavras, escritas por outrem, são dedicadas aos meus três amores maiores:

O que eu não sabia antes de ser tua mãe
No dia em que te vi pela primeira vez eu ainda não sabia que ia passar noites a aninhar-te nos meus braços a sussurrar-te ao ouvido “o papão foi embora”… Nem que, por fim quando adormecesses, apesar de fatigada, eu ia continuar a vigiar o teu sono para garantir que afugentava esse monstro que nasce do escuro para assustar os bebés pequeninos…
Eu ainda não sabia que ia chorar mais do que tu no dia em que te deixasse pela primeira vez no berçário, por não poder continuar a ser eu a acordar-te da sesta com mimos de mãe e papas morninhas, como tu tanto gostavas e eu tão bem sabia fazer…
No dia em que te vi pela primeira vez eu ainda não sabia o quanto custava ver-te febril, com cólicas ou com qualquer outro mal-estar que eu não pudesse transferir para mim, para te poupar a ti das tuas primeiras dores do mundo…
Nem como seria o desespero por deixar de te ver por um segundo no supermercado, nem que esta sensação apenas se dissiparia quando eu te visse ao colo do teu pai ou mesmo atrás de mim, meu docinho, que o medo de te perder é capaz de cegar uma mãe…
Eu ainda não sabia que viria a sentir uma vontade secreta de dar um beliscão àquele miúdo da tua sala que te mordeu e puxou o cabelo, deixando-te a chorar e com medo de voltar à escola no dia seguinte…
Eu desconhecia que a cada queda que desses seriam também os meus joelhos a ficar esfolados.
Eu desconhecia que por cada vez que me falasses acerca dos teus medos, também o meu coração ficaria pesado com receios e inseguranças por não poder ser eu a enfrentar por ti tudo de mau que a vida traz…
Eu ainda não sabia nada disto no dia em que te vi pela primeira vez.
Tal como agora também ainda não sei o que está para vir.
Mas desde o primeiro dia que te vi eu soube que, para o bem e para o mal,  irei estar sempre ao teu lado para te dar a mão cada vez que a vida não seja tão justa como deveria ser.
Que por ti vou afugentar todos os monstros que surjam da escuridão, vou chorar ao teu lado sempre que sentires uma ponta de tristeza, vou suportar todos os apertos que o meu coração de mãe sentir, vou esfolar os meus joelhos e o meu coração também… Porque tu estás em primeiro lugar e não há ninguém no mundo inteiro que seja tão especial para mim como tu és.
Hoje e sempre.
Coração da minha vida.

 

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Dia de miudas

Postado por Nany às 1/06/2015 01:13:00 da tarde 1 comentários Links para esta postagem
No domingo foi um dia de miudas.
A minha Princesa já me andava a pedir um piquenique só eu e ela, um dia a duas, no Domingo decidi que era o dia ideal para isso.
Andou no comboio do Pai Natal, na zebrinha que a mãe empurrava. Almoçámos só as duas e chegou a casa cansada, mas sorridente.
Ás vezes é preciso um dia assim, um dia em que só eles interessam e que mesmo sendo três, tenham o dia do filho único. Não é fácil, mas se pedem é porque precisam e do alto da experiência dos seus 4 aninhos ela bem pedia.
É linda e inteligente a minha menina. Ela bem sabia que seria um dia mágico para as duas.
Hoe é Dia de Reis e por isso toca a celebrar os príncipes e princesas das nossas vidas.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Início 2º periodo aulas

Postado por Nany às 1/05/2015 09:00:00 da manhã 0 comentários Links para esta postagem
Começa hoje o 2º periodo de aulas.
Li um post sobre o peso das mochilas e concordo em pleno. Leiam aqui, sobre o peso da educação, e digam de vossa justiça.
O Pedro leva 2 estojos: o dos lápis de carvão, canetas, borracha, afia, tesoura e colas e o dos lápis de canetas de cor. Um caderno de trabalho de casa e dois livros de fichas, mochila de lanche com a respectiva garrafa de água, chapéu de chuva para as eventualidades, casaco extra quando de manhã está frio mas criança que é tem sempre calor, gorro e luvas. Deve ser mais de 5kg, mas só isso pesa a minha mala (saco) de mão, juntando-lhe o saco das coisas que trago e lancheira.
Depois queixo-me.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

1 = ♥

Postado por Nany às 1/01/2015 08:00:00 da manhã 0 comentários Links para esta postagem
Pinterest

 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez