sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Acho que me vou chatear

Postado por Nany às 9/25/2009 11:14:00 da manhã
Hoje, quando fui levar o Pedrocas à creche, depois de o convencer, de lhe dizer que tinha de ir não só porque eu vinha trabalhar mas também porque ele tinha lá deixado o livro, chegamos depois das 9h.
Ora, eles têm uma regra que após essa hora não se pode entrar nas salas, tocamos à campainha e vem alguém buscar os meninos à entrada do corredor das salas. Hoje a porta estava aberta, e eu comecei a brincar dizendo-lhe: Anda filhote, corre, entra primeiro a porta está aberta, depressa. Vamos, vai até à tua salinha, ter com os amigos. Vá, vamos entrar.
Ao mesmo tempo estavam a chegar outros meninos e dois da sala dele. Um desses a mãe trabalha lá, na primeira sala do corredor e disse-me logo que não podia entrar, que já passava da hora e eu honestamente, nem ouvi a 100% já que estava a falar com o Pedrocas. Ia tocar à campainha quando ela me disse que já o tinha feito. Vieram buscá-los, e como funcionária a colega perguntou-lhe porque não entrou, resposta: Não, não, é assim, prefiro.
Nada de novo na resposta. Ok. Mas o que me chateou, e porque me vou chatear, não foi a resposta, foi a lição de moral como se eu fosse uma criança. Tenho 33 anos e não 3, lições de moral só dos meus pais. Se me tivessem dito algo do tipo, não entre, é chato, depois todos querem entrar, eu respondia que não ia entrar, que estava apenas a fazer a brincadeira para ele entrar sem choros, sem dramas.
Por isso hoje vou-me chatear. Vou falar com educadora dele (que não sei bem a que horas sai). Vou falar no assunto (sem mencionar nomes), e noutros que me estão atravessados, porque como em tudo há os engraçadinhos e os que caem em graça.
A mãe do Pedro, vai deixar de ser a benevolente, a que respira fundo, que releva, que deixa passar, para ser a exigente, a chata, aquela tal de que se fala aos cochichos. Não queria que assim fosse, mas se tiver de ser será.
Hoje até nem foi muito grave, mas foi a gota de água.
Não quero criar inimizades, até porque é com um dos miúdos que melhor se dá mas paciência. Mas basta uma gota para o copo transbordar e o meu já está a deitar por fora à muito tempo.

4 comentários:

Maria Pereira on sexta-feira, 25 de setembro de 2009 às 17:15:00 WEST disse...

Olha amiga, eu tb sou como tu, tendo levar tudo a bem, mas por vezes temos de ser um bocadinho ranhosas e puxar pelos galões

Bjs e bom fds

Zezinha on sexta-feira, 25 de setembro de 2009 às 22:06:00 WEST disse...

pois as vezes temos k nos xatear á seria para nos levarem a sério.. toda a vida fui .. deixa para nao arranjar problemas.. toda a vida me espezinharam..agora axo k sou o extremo.. mas sinto-me melhor.. bjoca

Susana Pina on sábado, 26 de setembro de 2009 às 23:01:00 WEST disse...

Se achas que algo está mal, deves dizê-lo sem receios. às vezes onde acham mole, carregam...
Força amiga
Bjs doces
susana

Tia São disse...

Deixa lá. Noquitas! Vozes de burro não chegam ao céu! E tu és muito melhor do que qualquer burro que possa aparecer-te pela frente! Beijo grande! Tia São

 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez