segunda-feira, 30 de julho de 2012

Serei um monstro?

Postado por Nany às 7/30/2012 01:16:00 da tarde
É que é sempre assim, Ó mãeeeeee, mas...o X, Y, ou Z tem uma PSP e não tem 10 anos. Agora é substituír a PSP por um telemóvel.
Serei um monstro? Neste mundo de aparelhos electrónicos e coisas que tais, serei um monstro por não dar nada disso ao meu filho?
Faz-me espécie que crianças com 5/6 anos andem de telemóvel em punho, PSP atrás. Para mim faz mais sentido vê-los em cima das bicicletas ou com o skate debaixo do braço.
Sei que sou um bocadinho pré-histórica nestas coisas, mas serei monstro?
E não, não lhe dou uma PSP não só pelo preço (e sim há várias a vários preços), mas porque eles não têm noção nenhuma e ainda na semana passada, um menino na sala do Pedrocas que tem uma, decidiu mandá-la ao chão a ver se partia e dar-lhe pontapés a ver se voava.
Eu quero que ele seja responsavel pelas suas coisas, mas se até os beyblades vêm partidos e lhe digo que tem de ter mais cuidado, que me custam cerca de 1€ na loja dos chineses, acham que vou mesmo dar-lhe uma PSP?
E um telemóvel. Ele liga para quem? Para mim? Para o pai? E sim, sei que existem telemóveis para crianças só com números pré definidos e que não ligam para mais ninguém. Mas se ainda lhe ando a ensinar a ler, e a escrever, porque lhe irei dar um telemóvel?
A sério. Devo ser um monstro dos piores, só pode. Prefiro "perder tempo" a fazer puzzles, montar e desmontar pistas, inventar coisas do que tê-lo não sei quantas horas calado agarrado a uma maquineta.
Dá mais trabalho. Quase não tenho tempo para mim. Mas não o quero agarrado à maquineta. Prefiro pó nos móveis enquanto em vez de limpar vou com eles brincar na rua, do que uma casa imaculada e um puto agarrado à maquineta.
Desculpem o desabafo, de quem está farta de ouvir "ah, mas todos têm, coitadinho, é dos tempos modernos"
Não estou a dizer mal de quem dá, até porque quase lhe comprei uma coisa parecida numa promoção do Lidl e não digo nunca. Mas haverá necessidade só porque os outros têm? Só porque é moda? E que tal esperar que ele cresça um pouco mais, seja mais responsável e tenha melhor noção do valor das coisas?
Sim, sou monstro, podem dizer à vontade.

7 comentários:

Dinastia FilipiNHa on segunda-feira, 30 de julho de 2012 às 13:48:00 WEST disse...

Pois, na minha modesta opinião não és um monstro, és uma excelente mãe!

As minhas também não têm PSP´s, e telemóvel? Nem pensar!!! Uma vez ofereceram à mais velha uma WII e confesso que ela nunca saiu da caixa no alto do armário depois de experimentarmos uma vez.

Não critico quem dá, desde que a utilização seja muito controlada. Já passam o dia sentados na escola (excepto na ginástica e nos intervalos) portanto precisam é de se mexer, apanhar ar!

Beijinhos, monstrinha linda!

Tânia ♥ O Nosso Mundo Perfeito ♥ on segunda-feira, 30 de julho de 2012 às 14:16:00 WEST disse...

O meu nunca me pediu essas coisas e em casa até as temos talvez por isso nunca tenha pedido...
A minha Mãe deu-lhe uma nintendo, o uso é q.b. e quando nós nos lembramos que aquilo para o distrair em grandes viagens pode dar jeito.
Agora anda numa do tablet, que é nosso, mas não troca as brincadeiras de rua por nada disso...tenho sorte!

Agora telemóveis ? Não precisam para nada! Se lhes acontecer alguma coisa não são eles que nos vão ligar!

Carla on segunda-feira, 30 de julho de 2012 às 14:38:00 WEST disse...

O meu também nunca pediu, mas gosta de brincar com os jogos do telemóvel do pai. Eu deixo que ele use, mas esforço-me porque não abuse. Nunca me disse que os colegas têm ou deixam de ter, mas esse argumento a mim também não me comoveria.

Beijos

mumdream on segunda-feira, 30 de julho de 2012 às 15:01:00 WEST disse...

Concordo contigo, e não, não acho que sejas monstro nenhum. Não consigo ver a utilidade de um telemovel numa criança de 5/6 anos. Quanto ás PSP, a maior parte dos jogos nem são para as idades deles, e é mesmo como dizes, eles ainda não sabem dar valor a essas coisas que depois aparecem partidas, ou então fazem como o meu primo, que deu a PSP dele a um amigo, porque o outro menino estava muito triste por não ter uma, looool.Nestas idades acho que eles devem mesmo é brincar muito e não estar agarrados a um ecrã.

soumaiseu.blogs.sapo.pt on segunda-feira, 30 de julho de 2012 às 16:05:00 WEST disse...

Bem, jogos de telemovel e computador são perseguidos cá em casa, claro que tentamos que seja com peso e medida! Quanto Às coisas que referes, não... junto-me a ti na monstruosidade e não dou! A filha é minha, o dinheiro é meu, e só dou o que bem me apetece! E o argumento de que é moda e todos tem em mim não tem qualquer tipo de efeito! Temos pena! No meu tempo também era moda uma série de coisas que eu não tive e não morri por isso! Tudo tem o seu tempo! Há que saber esperar!

Bjinhos da Tia São!

Rainha on terça-feira, 31 de julho de 2012 às 11:11:00 WEST disse...

Não és só tu a pensares assim. A minha Beatriz apenas teve nintendo aos 9 anos e comprou-a com o dinheiro que a avó lhe ís dando. O telemóvel apenas teve no ano passado, porque foi para o 5º ano e assim é mais fácil para nos contactar. Não és um monstro não. Beijinho

Raquel (persiana) on quarta-feira, 1 de agosto de 2012 às 23:28:00 WEST disse...

a tua decisão é perfeitamente normal e aceitável... eu não incentivo!
eu compro puzzles e livros e uns bonecos...
mas o meu filho tem algumas coisas dessas q o meu sogro lhe oferece mas felizmente nao lhes liga nenhum!!!
bjs

 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez