segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Relações familiares

Postado por Nany às 8/06/2012 10:43:00 da manhã
Ontem estivemos no aniversário de um primo, que sendo de família próxima já não viamos há cerca de 4 anos.
É engraçado ver, não tendo graça nenhuma, como uma família grande, onde temos tios, tios-avós, tios-avós em 2º graus, primos direitos, primos em 2º, 3º, 4º e nem sei em que mais grau. Crianças que nascem, famílias novas que se formam, uma família bem grande, que dando-se bem, não existindo aqueles feudos familiares, também não se dá.
É estranho mas é mesmo assim. Dos tempos modernos. Das vidas que não nos dão tréguas. Dos mais velhos que já não estão. Dos feitios que são diferentes.
Ontem, tentava explicar ao Pedrocas que, o meu primo, sobrinho da avó, pai do primo aniversariante, também era primo dele, mas tio do outro primo, cujo pai era primo também. Ou seja, uma baralhação para quem lê, e ainda mais para aquela cabecinha. Eu explico. A minha mãe tem vários irmãos, um deles teve três filhos, o mais velho tem um casal e era o filho desse que ontem comemorava 16 anos. Logo, meu primo em 2º grau. Ora, o pai do aniversariante tem mais 2 irmãos, o do meio com um casal, e o mais novo com 3 rapazes. Tudo primos, para o meu lado, mas entre eles, temos primos, tios e padrinhos.
Ás tantas, disse para chamar primos a todos os que não soubesse o nome e a coisa tava feita. Também não errava por muito.
E quando chegou a afilhada da minha mãe? Madrinha? A avó é avó, que é isso de madrinha? (Os meus miudos não são baptizados).
O conceito de tios ele conhece bem, tem da parte do pai um tio e uma tia, mas não tem primos direitos, e ontem a primalhada era tanta que o moço estava baralhado. No entanto, divertiu-se bastante, não queria vir para casa porque estava a jogar com o primo ao basquete, e comeu o que lhe apeteceu, ou seja, quase nada com tanta brincadeira.
Um dia bem passado. Pena que sejam poucos.

4 comentários:

Maggie on segunda-feira, 6 de agosto de 2012 às 10:59:00 WEST disse...

pois é nany na minha familia passa-se o mesmo, somos mtos mais quase todos não vejo há mtos anos, acho que reconheceria mto poucos se os visse pela rua, é triste, tbém tenho pena.
Felizmente que na familia do meu marido há quem se esforce para que não se percam os laços e são tão bons estes momentos ...

Bjo
Maggie

Rainha on segunda-feira, 6 de agosto de 2012 às 11:07:00 WEST disse...

Também tenho uma familia grande. Alguns mais próximos que outros. É mesmo assim. Espero que já estejas melhor. Beijinho

Silvana Santos on segunda-feira, 6 de agosto de 2012 às 13:23:00 WEST disse...

Já pouco sei o que é isso ...

Maria Pereira on segunda-feira, 6 de agosto de 2012 às 15:21:00 WEST disse...

Nós fazemos um almoço de familia, da parte da minha mãe, todos os anos. Nem sp vai toda a familia, claro, mas sabe sp bem rever algumas pessoas e estar com outras de quem gostamos

Bjs e boa semana

 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez