segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

As professoras/mães que me leem que se acusem

Postado por Nany às 2/01/2016 01:29:00 da tarde
E me ajudem.
O meu filho mais velho anda no 3º ano e como todas as crianças tem inglês, que se tornou obrigatório este ano.
Ora, a professora de inglês é uma senhora (que nunca vi, pois e apesar de convidada para a reunião de avaliação não esteve presente - razões que me ultrapassam), que ao dar a matéria a estes meninos é na base do: dá a matéria, passa à seguinte e assim sucessivamente até à data do teste.
Não faz revisões, dá por exemplo matéria sem que eles tenham bases para tal (antes de terem conhecimento geográfico dos países, apareceu no teste uma pergunta em que os tinham de localizar), e aparece no teste vocabulário não ensinado (chair por exemplo - nem faziam ideia).
Foi-nos disponibilizado a planificação anual, que a mim me diz muita coisa no geral e nada no particular.
Preciso de mais para me orientar e para estudar com ele.
Acham que me borrife e pegue num livro de exercícios e por ai sigo, ou armo-me em mãe chata e começo a fazer marcação cerrada em questão de matéria.
Só para vos dar um exemplo, daquilo que estou habituada, a Professoa titular da turma, além de marcars os testes com antecedência, nas semanas antes manda no caderno diário a informação da matéria que irá ser alvo de avaliação.
Estou com vontade de me armar em mãe emplastro, por outro lado a senhora não gosta de emplastros e tem o péssimo hábito de "descontar" nos filhos das mães/pais emplastros (disseram-me).

2 comentários:

Raquel Ribeiro on terça-feira, 2 de fevereiro de 2016 às 16:26:00 WET disse...

Estou a ver que o inglês este ano é a dor de cabeça. Aqui também houve muita celeuma com o tema na reunião de pais.
Eu também chamei à atenção para um exercício que saiu numa ficha de matéria não lecionada. Eu falei com a professora titular e pedi que falasse com a professora de inglês e a alertasse. Os pais são atentos. Muitos pais questionam a postura da professora, eu dou-lhe algum benefício da dúvida porque não é fácil fazer a transição de ciclos. O inglês de 3º ano é muito básico mas penso que a adaptação dos profs de inglês ainda não foi completamente feita e que não perceberam que miúdos de 8/9 anos têm outros ritmos de aprendizagem.
No entanto com 2h por semana e um programa para dar não há Gd templo pra revisões. Deduzo que a professora esteja a seguir o livro adoptado. Pelo que a melhor forma de ajudares é seguir também, já os livros não estão todos organizador da mesma forma. No 3º ano o ouvir (listening) e a aprendizagem do vocabulário são o principal.

Magda E. on quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016 às 11:17:00 WET disse...

Infelizmente não te posso ajudar... ainda não cheguei lá e se calhar qd chegar já está tudo diferente.

 

O Meu Cantinho Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Emocutez